O futuro dos recrutadores

 In Recrutamento

A luta para conseguir os melhores candidatos continua. O paradoxo das necessidades do mercado de trabalho mantém-se: há e haverá mais desemprego, haverá cada vez mais necessidade de talento. E este é escasso para satisfazer as novas necessidades do mundo digital. Se pensarmos em profissões directamente ligadas à tecnologia, a escassez de talento disponível é assustadora.

Nesta luta, ganha quem recrutar com qualidade e mais rapidamente. Trabalhar rapidamente e com qualidade costuma ser caro e aqui reside uma das questões onde os devemos deter-nos: Era (num passado muito recente) caro. Num processo de recrutamento, a pesquisa de candidatos costumava ser uma devoradora de tempo. Hoje é possível, graças à tecnologia, recrutar cada vez mais depressa. E sem recorrer a empresas especializadas.

inbound-recruitment-marketing-is-the-future-for-recruiters-10-638

Ao ler um artigo de Oleg Vishnepolsky, a sua profecia vem de encontro ao que tenho vindo a reflectir sobre o assunto. Diz ele que o mais tardar em 2020 a indústria do recrutamento morrerá, uma vez que as máquinas poderão lidar com enormes quantidades de informação e fazer conexões que nenhum humano conseguirá. É o mundo da big data. Acrescenta OV, que o facto de o LinkedIn ter adquirido uma startup especializada em recrutamento algorítmico (palavra minha) aliado à compra do LinkedIn pela Microsoft, significa que já está a caminho de 2020.

Acredito, como OV refere, que as decisões de contratação ainda caberão às pessoas. No entanto, estas serão assistidas por máquinas que tornarão os processos menos subjectivos. Os recrutadores externos serão cada vez menos necessários. Só os que se equiparem com as ferramentas digitais podem sobreviver. Como diz, Oleg Vishnepolsky, a empresa de recrutamento do futuro será altamente digitalizada. E isto é uma disrupção na indústria. Estamos preparados?

Leia aqui o artigo completo.

Recommended Posts

Leave a Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.