A força de uma equipa

 Em Cultura de Empresa, Desenvolvimento, Liderança

Em conversas recentes com alguns clientes observei o espanto pelo espírito de coesão e de entreajuda das suas equipas em tempos de adaptação a uma nova maneira de trabalhar: “Foi incrível ver como todos se disponibilizaram para dar o seu melhor em modo remoto”, “Aquilo que julgávamos ser um projecto ciclópico –  trabalhar a partir de casa – e que queríamos instalar há tanto tempo, foi conseguido em três dias”.

Acredito na sobrevivência e na superação, mas não acredito em milagres. Também tenho ouvido que há equipas a queixarem-se da qualidade da comunicação desde que estão a trabalhar a partir de casa – e não estão a referir-se aos meios, mas sim à regularidade e ao conteúdo da mesma. Sabemos que essa é uma das reclamações mais antigas na vida das empresas. Sempre que se leva a cabo um survey sobre clima organizacional, o indicador “comunicação” é dos mais paradigmáticos, seja o seu resultado positivo ou negativo.

Serve isto para dizer que não é por caso que as equipas reagem de uma ou de outra maneira.

O que define uma equipa, afinal? Um conjunto de pessoas com um objectivo comum? Não só (um grupo de pessoas que se junta para ir tomar um café não é uma equipa). É o modo como as pessoas comunicam quando têm um objectivo comum, a relação que criam entre si, que as torna numa equipa ou não.

Assim, se a compreensão da cultura da empresa, dos seus valores e da sua moral estavam interiorizados por todos, e a liderança exercida sempre foi consciente no sentido do desenvolvimento das competências mais fortes de cada um e do respeito por cada pessoa, é natural que numa situação de excepção, em que todos são postos à prova e testam os seus limites, se colham os frutos desse investimento.

E é essa cultura de empresa assente em equipas fortes que é necessário preservar mais do que nunca. Que as organizações que sintam necessidade de dispensar pessoas avaliem com rigor o risco que existe para o investimento que fizeram para a construção da sua cultura. Cada pessoa que parte levará consigo um pouco desse investimento.